Evento promove trabalho entre as áreas tecnológica e da saúde

Sergio Schargel

Sensores que permitem monitorar o comportamento de pacientes em suas residências, software de reconhecimento facial e programa voltado para o cuidado familiar são alguns projetos desenvolvidos durante o Hacking Health. Evento que reúne especialistas de diferentes áreas para pensar soluções inovadoras e tecnológicas na área da saúde, já existe há cinco anos e foi realizado em mais de 50 cidades.

O Rio de Janeiro realizará a sua primeira edição do Hacking Health na cidade entre os dias 26, 27 e 28 de maio. A Nave do Conhecimento, localizada no Engenho de Dentro, receberá profissionais das áreas da saúde, tecnológica e de designer com o objetivo de desenvolver soluções para cinco áreas específicas: saúde pública, saúde no esporte, saúde no ambiente de trabalho, solução para o médico empreendedor e como termos uma vida mais saudável a partir de plataformas digitais.

O Hacking Health surgiu com a intenção de renovar a área da saúde em um hackathon integrando profissionais de outras áreas, em especial da tecnologia. Com duração de um fim de semana, já foi responsável pela criação de mais de 612 projetos de sucesso.

O EyeWare é um programa de reconhecimento facial que permite que computadores e alguns dispositivos identifiquem as pessoas. Desenvolvido em um evento na Suíça, em 2015, o projeto conquistou o grande prêmio da Hackathon, 50 mil dólares e um suporte do consórcio suíço Venture Kick.

Outro grande sucesso que deve créditos de sua criação ao Hacking Health, o CarePRN é um programa que busca tornar mais acessível o cuidado domiciliar. O programa surgiu no primeiro hackaton de Detroit, nos Estados Unidos, e seus criadores venceram graças a ele o prêmio de melhor time estudantil dos EUA. O CarePRN é um mercado digital que visa facilitar famílias a acharem cuidadores confiáveis para atendimento domiciliar ao mesmo tempo em que ajuda esses profissionais a acharem trabalho confiável. Além de um website, o CarePRN também funciona como aplicativo mobile e já conquistou quatro prêmios em apenas dois anos

As inscrições para o Hackathon do Rio de Janeiro estão abertas e podem ser feitas clicando aqui.

Publicado em Sem categoria