TPM: A importância de conhecê-la e formas naturais de amenizar o problema

Leticia de Oliveira

  Fazendo-se notar ou não, os sintomas da tensão pré-menstrual, popularmente chamada de TPM, atingem mais de 70% das mulheres brasileiras e merecem cuidados especiais. A boa notícia é que existem opções naturais, sobretudo na alimentação, que podem melhorar e muito os sintomas nos dias anteriores à menstruação.  Alimentos ricos em fibras, oleaginosas, peixes e até mesmo o chocolate podem contribuir para uma qualidade de vida melhor, mesmo durante a TPM.

Ainda que não represente um perigo para a saúde, a síndrome da tensão pré-menstrual pode prejudicar e muito a qualidade de vida. Algumas mulheres chegam a sentir seus sintomas por mais de duas semanas; outras, ainda que os sintam por menos tempo, sofrem com a forma mais intensa desse problema. Em casos extremos, os sintomas da TPM podem ser confundidos com problemas graves, como a depressão, por exemplo, já que umas das manifestações do período pré-menstrual são a tristeza e o desânimo sem razões aparentes.

Consumir bastante fibra é algo que ajuda a eliminar toxinas e garante saciedade por mais tempo, mesmo no período de tensão pré-menstrual, quando muitas mulheres sofrem de aumento do apetite devido à ansiedade. Oleaginosas como semente de girassol e nozes são ricas em zinco e proteínas, substâncias que garantem mais energia ao corpo para enfrentar o cansaço típico dos dias de TPM. Para as que sentem um desejo maior por doces no período, ótima notícia: o chocolate pode ser um aliado, desde que consumido em sua forma mais amarga, com teor de 70% de cacau ou mais. A recomendação é feita porque o doce estimula a produção de serotonina e dopamina, substâncias ligadas ao prazer e ao bem-estar.

De acordo com a Dra. Mara Diegoli, coordenadora do Centro de Apoio à Mulher com Tensão Pré-Menstrual do Hospital das Clínicas da USP, também é fundamental que as mulheres tenham autoconhecimento e informação sobre o problema. “Os hormônios mudam nosso humor? Mudam. Vamos, então, trabalhar com eles. A mulher já venceu tantos obstáculos que conseguirá vencer mais esse facilmente, desde que queira. Ela sabe que a mudança dos hormônios vai alterar o seu humor, está anotando no calendário e já percebeu que anda mais irritada”, explica Mara.

A prática esportiva também é ótima aliada ao combate à tensão pré-menstrual. “Exercícios físicos ajudam muito, porque reduzem a tensão, a depressão e melhoram a autoestima” lembra a dra. Mara. O exercício físico traz esses benefícios por estimular, assim como o chocolate, a produção de substâncias ligadas ao prazer, ao relaxamento e ao bem-estar. Entre as mais liberadas durante a prática esportiva estão a endorfina, a serotonina e a dopamina.

 

Publicado em Notícias